Que barco escolheu para enfrentar a tempestade da covid-19?

Acompanhando as inevitáveis notícias sobre este momento que vivemos, um comentário chamou a minha atenção.

“Desta vez todos estamos no mesmo barco.”

Quando tentei me ver nesta analogia, resolvi discordar!!

Não acho que estamos todos no mesmo barco, mesmo porque, encaro que a figura do barco normalmente revela um papel de salvação, e neste contexto, acredito que cada um “para se salvar”, escolhe entrar no barco que melhor representa este momento para si.

Por isso acredito que estamos todos sob a mesma tempestade, mas o barco, cada um está no que escolhe para entrar.

Uns escolhem um barco que permite a reflexão, uma pausa para se repensar. Outros escolhem um que lhe permita continuar na ativa, buscando manter e salvar as suas atividades profissionais.

Há aqueles que resolvem evoluir, pôr em prática projetos que o dia a dia comum, não permite que seja realizado. Alguns estão descansando e apreciando a família.

Mas existem também aqueles que estão em pânico, travados, ansiosos querendo que tudo isso acabe logo, e ficam apenas aguardando.

Não estamos no mesmo barco!

Porém, para atravessar esta tempestade e sairmos melhor do que antes, vai depender do quão estável, seguro, preparado e apropriado será o barco que escolhermos para entrar.

Comentários no Facebook