Você sabe qual o próximo passo que falta para sua carreira?

Nestes dias tive a oportunidade de reencontrar uma ex-colega de trabalho, e como acontece com frequência em momentos como estes, o tema da área profissional termina assumindo a pauta.

Ela começou falando que havia terminado uma pós-graduação mas já estava vendo qual seria a próxima, pois havia achado que a que terminou não era o que esperava, e achava que iria agregar pouco para sua carreira. Continue lendo “Você sabe qual o próximo passo que falta para sua carreira?”

Como desenvolver a autoresponsabilidade

Como qualquer mudança, nada irá acontecer da noite para o dia, mas iniciar uma jornada é um passo muito importante para fortalecer o objetivo, e já é um bom exercício para a busca da chamada autoresponsabilidade.

Desenvolver a autoresponsabilidade é ter a percepção de que, embora você não possa controlar as pessoas e as circunstâncias, você pode controlar as suas ações.

Para isto seguem algumas dicas pontuais para você praticar a autoresponsabilidade:

Continue lendo “Como desenvolver a autoresponsabilidade”

De quem é a culpa de algo que não deu certo para você?

Autoresponsabilidade

É bastante comum no dia a dia de alguns transferir a culpa de algo que não deu certo para outras pessoas ou para circunstâncias.

Muitas vezes isto é feito sem se sequer perceber, e torna-se uma rotina natural tanto na vida pessoal como na profissional.

Isto revela o que chamamos de uma baixa autoresponsabilidade. Mas o que é isso?

Continue lendo “De quem é a culpa de algo que não deu certo para você?”

Se você não é uma marca, você é uma mercadoria

Há certa confusão entre o significado de ter uma marca pessoal e fazer marketing pessoal. Enquanto o segundo atua no nível da aparência, o primeiro lida com a missão, com sua razão de existir, com aquilo essencial para você.

A marca pessoal é a construção estratégica de uma entidade que cause na sua audiência a percepção mais correta e apropriada para os seus objetivos pessoais e profissionais.

Continue lendo “Se você não é uma marca, você é uma mercadoria”

Se os resultados não chegam e perciso mudar o que estar sendo feito

Mudança 2F

Se os resultados profissionais não estão vindo, é a hora de mudar algo que está sendo feito.

Nós resistimos a tudo e que não conhecemos ou não estamos habituados, com o passar do tempo isso vai se evidenciando. À medida que crenças e comportamentos se cristalizam ao longo da formação de nossa personalidade nós vamos nos tornando cada vez menos capazes de enfrentar desafios, de aceitar novas ideias.

Continue lendo “Se os resultados não chegam e perciso mudar o que estar sendo feito”

Seja reconhecido pela autoridade profissional

autoridade profissional

Após esta série de postagens falando sobre o tão desejado reconhecimento profissional, já deve ter ficado claro que isto é uma conquista que tem como principal agente você mesmo.

É claro que o reconhecimento é uma ação que depende de agentes externos, que inclusive, devido a momentos que estejam passando, podem deixar de valorizar o que você é e o que você faz, como por exemplo, dificuldades em outras áreas que venham a tomar muito tempo  do seu foco diminuindo a sua “sensibilidade” para outros casos. Não se engane, isto é muito comum.

Mas o que pode ser feito, então para ser reconhecido?

Continue lendo “Seja reconhecido pela autoridade profissional”

Seja um produto de valor

se conhecer

As ações para busca de reconhecimento profissional na maioria dos casos precisam ser bem avaliadas e planejadas para se criar um “produto” de valor para as empresas.

Para isso há diversas ferramentas como assessements que avaliam através de questionários rápidos o perfil comportamental dos profissionais, oferecendo dezenas de indicadores precisos sobre a atuação do avaliado, permitindo assim explorar os pontos e competências fortes.

Continue lendo “Seja um produto de valor”